Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros

Painting by Pam Hawkes


Pouco a pouco, inda agarro-me nessa lonjura que é não te ter dentro 
dos meus monólogos... 

Priscila Rôde 

 
Eu, lúdica e muda, floresci por entre os suspiros.

Priscila Rôde 

 Minhas distâncias são insolúveis e sobrevivem em mim, fundas.

Priscila Rôde 

 
Longe de mim, esqueço de que sou feita.

Priscila Rôde 

 
Guardo suspiros de descanso para os dias pequenos.

Priscila Rôde 

 
Saudade é um fragmento nosso procurando encaixe.

Priscila Rôde 

Fui presenteada com uma alma simples. Deixo-me cair.

Priscila Rôde 

 
Eu não estou triste. Só estou amanhecendo, por dentro.

Priscila Rôde 

 
Não prometo tanto. Hoje eu não pareço comigo, nem de  l  o  n  g  e.

Priscila Rôde 

 
Acordei fazendo sentido. Hoje eu não quero ir. Estou a caminho, de mim. 
E pareço tão perto...

Priscila Rôde 

 
O que me anula aos poucos, me dói duas vezes.

Priscila Rôde 

Tenho um mar de intuições perenes. Nelas, sou coragem. E travessia.

Priscila Rôde 

 
Eu queria muito que você estivesse aqui agora.

Priscila Rôde 

 
Estou sempre sobrando dentro de mim.

Priscila Rôde 

 
Minha saudade tem a coragem de muitas entregas.

Priscila Rôde 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A pintura é uma poesia que se vê e não se sente, e a poesia é uma pintura que se sente e não se vê.

Leonardo da Vinci