Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros

Painting by Carrie Vielle


É tempo de florir. De ser.

Bibiana Benites 

Sim, eu chorei. Eu sofri. Eu deixei que você me doesse até o fim.

Bibiana Benites 

Tem dias que chove cinza aqui dentro.

Bibiana Benites 

E desde quando é fácil fechar ciclos?

Bibiana Benites 

 
Se a minha saudade tivesse um sabor, seria de pitanga. 
 De um vermelho intenso, moço. Maduro.  

Bibiana Benites 

Eu coleciono saudades.

Bibiana Benites 

 
Sou uma mulher que aprendeu a dançar a melodia do próprio coração.

Bibiana Benites 

Tristeza a gente esquece. Saudade a gente enfeita.

Bibiana Benites 

E foi quando eu descobri que o castelo sempre esteve 
 dentro de mim. Então, eu me coroei.

Bibiana Benites 

Não me iludo mais com metades que a gente encontra pelo caminho. 
Reconheço de longe a vastidão que essas almas carregam dentro.

Bibiana Benites 

É quando eu menos quero, que eu acabo te sentindo. 
 Te lembrando. Te falando alto nos meus silêncios.

Bibiana Benites 

É que eu tenho o costume de enfeitar minhas saudades.

Bibiana Benites 

O meu melhor lado, é o de dentro.

Bibiana Benites 

Eu aprendi que algumas pessoas e determinados sentimentos, são ímpares. 
 Mesmo quando a gente quer que eles sejam par...

Bibiana Benites 

Como é que se conjuga o verbo Ser, já que pouco gente É?

Bibiana Benites 

E eu sinto tanto. Sinto muito. Por quem não sabe sentir. 
 É por essa gente toda que me dói.

Bibiana Benites 

O amor é uma via de mão dupla.

Bibiana Benites 

Eu nunca estou só. Sempre me tenho por perto.

Bibiana Benites 

E quem se expõe demais, paga um preço caro por isso. E eu pago mesmo. 
Só assim me alivio do excesso que eu trago dentro.

Bibiana Benites 

Quando eu sinto saudade, nem sempre eu choro. Algumas vezes eu rio. 
Eu fecho os olhos. Eu me abraço em silêncio.

Bibiana Benites 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A pintura é uma poesia que se vê e não se sente, e a poesia é uma pintura que se sente e não se vê.

Leonardo da Vinci