Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros

Watercolor by Marion Bolognesi


 
 Ando me buscando pelas tardes frias da solidão. 

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Quando você vier apontar minhas lástimas traga gestos calmos, 
traga gestos claros, traga gestos castos.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Meus olhos secos sangram ao sol e ao vento.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Não sou flor, sou erva daninha.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Do olho pequenino eis a lágrima que cai; saudade doída.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
É que o medo que me cerca vem de dentro de mim.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Há na vida uma hora em que as pedras preciosas tornam-se inúteis 
nos acostamentos do tempo.

 Oswaldo Antônio Begiato 

Há em cada porto uma porta aberta. Há em cada linho uma linha reta.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Porque a alma é leve e a mente fraca qualquer culpa dói e pesa e pesa...

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Sinto falta do despertar florido e fresco e do adormecer nos braços 
do entardecer.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Bonecos, somos todos modelados com o mesmo barro, pelas mesmas mãos.

 Oswaldo Antônio Begiato 

Não se chegue muito perto; se chegar fique em silêncio.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Para que servem os sonhos que sempre tive, se o tempo passou 
e me petrificou?

 Oswaldo Antônio Begiato 

Cansei-me de vaguear por águas turvas.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Há em mim vácuos impreenchíveis. 

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Sinto minhas sombras povoando os relógios de sol.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
À medida que envelheço as lágrimas se escasseiam.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Penso que apesar de estar definhando ando pesado demais. 
Ando pensando demais.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Derramem sobre minha pele um jarro de perfume suave 
e esperem a noite chegar.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Que eu jamais fique só, mesmo quando eu me queira só.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Sou feito de cacos e retalhos.

 Oswaldo Antônio Begiato 

 
Tu és estrela e eu lua miúda.

 Oswaldo Antônio Begiato 

Um comentário:

A pintura é uma poesia que se vê e não se sente, e a poesia é uma pintura que se sente e não se vê.

Leonardo da Vinci