Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros

Painting by Angela Betta Casale



São mil e umas as noites em que não bato à tua porta
e vens abrir-me.

Ana Hatherly


- Em que espelho ficou perdida a minha face?

Cecília Meireles


Ama-me por amor do amor, e assim me hás de querer por toda a eternidade.

Elizabeth Barrett Browning


... sou triste de não saber que nome te pôs a morte quando ontem
te deitou na sua cama, e te soprou nos cabelos o seu hálito frio.

Maria do Rosário Pedreira


Tenho os silêncios que me emprestaste.

Luiza Neto Jorge


Não me acordes. Estou morta na quermesse dos teus beijos.

Natália Correia


Amor silêncio amargo a roçar-me a morte
grito partido do vidro sobre o peito.

Salette Tavares


Até nos tempos mais sombrios temos o direito de esperar ver alguma luz.

Hanna Arendt


Tenho segredo de ti meu amor de meu invento
convento onde te fecho com o meu corpo lá dentro.

Maria Teresa Horta


Hoje quero com a violência da dádiva interdita.
Sem lírios e sem lagos e sem o gesto vago...

Natália Correia


Nunca distinguimos a realidade do nosso próprio sonho e por isso temos medo...

Luísa Dacosta


Já não podias desenhar sequer uma linha; um nome,
sequer uma flor...

João Cabral de Melo Neto


E só então saí das minhas trevas...

Sophia de Mello Breyner


Às vezes paro à porta com o olhar perdido e habituado ao silêncio.

Alfonso Barrocal


É crua e dura a vida. Como um naco de víbora.

Hilda Hilst

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A pintura é uma poesia que se vê e não se sente, e a poesia é uma pintura que se sente e não se vê.

Leonardo da Vinci