Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros

Painting by Jacqui Faye



Vem ver-me antes que morra de amor – o sangue arrefece dentro do meu corpo
e as rosas desbotam nas minhas mãos.

Maria do Rosário Pedreira


Há um corpo à tua espera...
Há um corpo, um copo de vinho ao pé da lareira, no silêncio do lume.

Silvia Chueire


Sou voraz não me apego ao abrigo da alma sou o corpo o incêndio
só o fogo me acalma.

Maria Teresa Horta


Sem ti sou chama aquela que não precisou da fricção de dois gravetos
para arder...

Eliana Mora


Paixão alisa a pele, rasga a carne, expõe o nervo...

Rosane Coelho de Oliveira


Eu sou aquela que povoa um segundo de teu mundo.

Maria Dinorah


Não me toques a alma, assim poderás sempre partir.
Assim poderei sempre não voltar.

Encandescente


Dá-me alegria… Incendeia meu sangue arrefecido!

Judith Teixeira


Hoje eu queria teu colo no entanto, só essa estúpida solidão me faz companhia.

Alice Daniel


Meu corpo é assim, como um vestido antigo, com duzentos botões...
que você deve desabotoar, devagar...

Maria Teresa Albani


... já quis partir, deixar que o vento levasse a minha mala por aí;
fiz planos de correr mundo para te esquecer – mas nunca abria a porta.

Maria do Rosário Pedreira


É devassa essa mulher que seu sonhos expõem quando abre a vidraça?

Rogério Viana


Tenho uma canção no corpo, devia ser para ti.

Silvia Chueire


Sua boca uva rubra roça meus lábios e por segundos somos murmúrios úmidos
seiva cósmica de línguas púrpuras...

Virgínia Schall


Tua boca de poesia passeia pelas minhas palavras fazendo do doce sabor
um verso único de amor.

Luna

Um comentário:

A pintura é uma poesia que se vê e não se sente, e a poesia é uma pintura que se sente e não se vê.

Leonardo da Vinci